Criação de camarão de água doce

A criação de camarões é uma prática que vem se mostrando muito vantajosa nos últimos tempos, oferecendo uma boa chance de rentabilidade sem a necessidade de um grande investimento inicial.

Uma das opções é a criação de camarão de água doce, que tem uma ótima aceitação no mercado que não se limita somente as regiões litorâneas não.

O processo é tão bom que até mesmo os produtores que ainda não tem muita experiencia podem acabar se beneficiando da atividade, conseguindo uma ótima renda extra.

Isso vale especialmente por que não existem muitas exigências no manejo do crustáceo e a criação pode ser feita até mesmo em pequenos sítios ou chácaras.

Então, se você está interessado e quer saber um pouco mais sobre a criação de camarão de água doce, continue lendo e veja os passos a seguir:

O princípio

Para quem está começando, a indicação é fazer a compra de camarões já na fase pós-larva em um laboratório. Nessa fase, o crustáceo terá cerca de 1 centímetro e já pode ser levado para os tanques de recria.

Isso porque o processo de cuidado das larvas desovadas é um tanto complexo, não sendo o mais indicado para quem está começando, visto que elas precisam ser mantidas por 30 dias em água salobra até que possam virar larvas.

O ambiente

Para que se desenvolvam, o ideal é que a temperatura seja mais elevada, por volta dos 28°C e 30°C, visto que esse tipo de camarão não suporta bem as temperaturas abaixo dos 15°C.

Mais do que isso, para o manejo é importante contar com água de boa qualidade, que seja abundante e que conte com renovação, mantendo um pH entre 7 e 9, transparência de 20 a 40 centímetros e terre argiloso com, no máximo, 5% de declive.

Os tanques

Ao tanques devem ser, preferencialmente, escavados e com fundo de terra. Eles podem variar entre 250 e 5 mil metros quadrados, com profundidade entre 90 cm e 1,3 metro.

Cuidados

A densidade de estocagem desse crustáceo não pode ser muito alta, visto que há um grande risco de canibalismo. Sendo assim, no monocultivo, a indicação é de 12 larvas por m².

Alimentação

A alimentação desse tipo de camarão pode ser tanto vegetal quanto outros animais. No entanto, o mais indicado é a ração extrudada ou peletizada de alta densidade especial pra camarões.