Cremes para estrias adiantam?

O mundo da moda e beleza movimenta bilhões através da venda de produtos para os mais diversos propósitos, cápsulas para emagrecer, cremes para celulite, para pele, estrias e outros, maquiagens, shampoos, condicionadores, hidratantes e muito mais.

Com tanta coisa surgindo no mercado e tanta propaganda do melhor produto para X ou Y relacionado a beleza, fica difícil ter certeza do que realmente funciona e até descobrir as pessoas podem perder muito dinheiro testando produtos que não são de fato eficiente.

Dentre estes produtos estão os cremes para estrias, será que eles funcionam mesmo ou é jogar dinheiro fora se comprar eles?

Antes de responder esta questão precisamos entender um pouco sobre as estrias, como surgem e se há formas de evitar elas.

A estria é aquele tipo de problema que é muito difícil de evitar, isto se não for impossível, porque ao contrário das celulites que surgem principalmente por causa da má alimentação ou por falta de exercícios, as estrias surgem por causa do estiramento da pele, e por isto é quase impossível de evitar.

Toda mulher que engravidar, vai ter estrias, todo menino ou menina na fase de adolescente vai acabar gerando estrias na pele quando der aqueles picos de crescimento rápido, como ninguém tem poder para controlar este tipo de coisa, as estrias provavelmente vão surgir. Saiba mais:

Mas isto não significa que você deve viver com elas, existem algumas formas de tratar as estrias e alguns cremes resolvem o problema sim, como o Skin Renov que reduz as estrias em até 80%. Este produto ao contrário de muitos que são apenas propaganda, funciona sim, mesmo porque antes de começar a ser vendido foi solicitado um teste que comprovasse a eficiência do produto e ele foi aprovado com louvor.

Gostou da notícia né? Pois é, alguns cremes de boa qualidade funcionam contra as estrias sim. Então se gostou de saber disso, pode comprar sem medo o produto citado acima, as mulheres estão amando ele e falando sobre o Skin Renov em todo lugar.

Saiba como acabar com a Herpes

Herpes é uma doença muito incômoda, não é mesmo? Principalmente porque forma feridas doloridas no corpo.

Você sabia que 90% dos brasileiros podem ter herpes? Isso mesmo! No entanto, a doença pode ser manifestado em apenas 10%. Muita coisa, né? Por isso, separamos algumas explicações importantes sobre esse vírus.

Mas ao contrário do que algumas pessoas pensam, o herpes pode ter cura e já existem até alguns materiais na Internet que ensinam como conseguir isto. O Protocolo Definitivo para Acabar com Herpes é um deles irá te ensinar como isso ocorre. Se nunca ouviu falar dele, veja o vídeo do e-book abaixo:

Se você está sofrendo com o herpes, leia este artigo atentamente para se livrar definitivamente dessa doença.

O Protocolo Definitivo para Acabar com Herpes é um material escrito por Alessandra Soares com o intuito de compartilhar as experiências que ela teve com a doença e como conseguiu a cura, nós tivemos acesso ao material e vamos compartilhar aqui como é o tratamento.

Não precisa ficar preocupado (a) com restrições, porque é tratamento 100% natural e você gastará muito menos do que os medicamentos convencionais.

Conheça as três etapas do tratamento:

1 – Fortaleça o sistema imunológico

A primeira coisa que deve ser feita, de acordo com o Protocolo Definitivo para Acabar com Herpes, é melhorar o sistema imunológico do nosso corpo, afinal, se ele estiver fraco, ficará mais fácil de pegarmos qualquer doença.

Existem muitas maneiras de fazer isto e você mesmo pode pesquisar e encontrar algumas, no Protocolo Definitivo para Acabar com Herpes, você descobrirá como fazer isso apenas com produtos naturais, porém não vamos citar quais aqui por um motivo de ética, caso queira saber pode adquirir o manual depois..

O seu sistema imunológico, após estar fortalecido, criará uma barreira de proteção contra as doenças. E, além disso, nessa primeira etapa, o seu corpo mandará embora todas as toxinas do seu organismo, incluindo, algumas doenças (fadiga, dor de cabeça etc.).

2 – Combata o vírus

Na segunda etapa do tratamento, é o momento de combatermos o vírus do herpes do nosso organismo. O sistema imunológico irá “atacar” o vírus.

3 – A cura do herpes

Depois de passar pelas duas etapas citadas acima chegou a hora de fazer com que o vírus pare de se reproduzir no seu organismo. Por isso, é importante seguir direitinho o Protocolo Definitivo para Acabar com Herpes. No manual, você aprenderá sobre os alimentos ideais para ter êxito e nunca mais ter a doença.

Conclusão

De forma resumida é isto que ensinam neste protocolo, não podemos colocar todo o processo aqui pois seria antiético já que é um material pago, mas se você já tinha visto a respeito e ficou curioso sobre como funciona já pode ter uma noção pelo o que escrevemos aqui neste artigo.

 

 

 

Saiba como resolver a ejaculação precoce e disfunção erétil

A ejaculação precoce e disfunção erétil são coisas diferentes, mas não importa qual o problema, sempre atormentam quem sofre com elas.

A primeira ocorre quando com o mínimo de estímulo possível a ejaculação ocorre, não sendo possível atingir níveis satisfatórios sexualmente. O segundo caso é a dificuldade de conseguir com que o pênis fique erétil, ou seja, quando o homem fica com pau mole.

Entretanto, esses não são problemas incuráveis é possível acabar com a ejaculação precoce e disfunção erétil adotando algumas técnicas. Veja quais são elas:

Fazer terapia sexual

Pode parecer besteira, mas a terapia sexual pode ajudar a chegar a causa do problema e com a ajuda de um profissional é possível encontrar soluções para ela. Além disso, será possível conhecer outras formas de sentir prazer o que ajudará na ereção por mais tempo.

Técnica começa e para

Quem sofre com a ejaculação precoce precisa conhecer o próprio corpo e estimular o pênis pode ser a melhor maneira. Essa técnica consiste em se masturbar com pausas para retardar a ejaculação. Quando perceber que está quase gozando, deve parar de se masturbar por cerca de 30 segundo e depois recomeçar. Isso ajudará na cama a garantir a ereção por mais tempo.

Técnica do aperto

Essa também é voltada para quem sofre com a ereção precoce e ajudará a evitar que se goze antes da hora. O ideal é começar a praticar sozinho, mas depois pode ser praticado com a parceira. Quando perceber que está quase gozando, deve apertar a base do pênis para interromper o fluxo sanguíneo e retardar a ereção.

Faça relaxamentos

O problema da disfunção erétil e ejaculação precoce pode ser psicológico e, muitas vezes, o stress é a raiz. Atividades que possam relaxar como yoga, alongamento, aulas de música e outras aliviam o stress, relaxam a musculatura e diminuem a ansiedade. Tudo isso pode resultar em um melhor desempenho sexual.

Pratique atividades físicas

Os exercícios melhoram o sistema circulatório irrigando o pênis com um maior fluxo sanguíneo e garantindo uma boa ereção. Quem sofre com a ereção precoce também pode se beneficiar, principalmente, se forcar nos exercícios para a musculatura pélvica que ajudam na hora de controlar o orgasmo.

Resolver a ejaculação precoce e disfunção erétil com essas técnicas pode garantir um resultado positivo e uma vida sexual ativa.