Como aparentar 20 anos aos 40

você acorda, geralmente por volta dos 35 anos , e olha no espelho descobrindo aquela pequena ruga ao redor dos olhos ou lábios que você não havia notado no dia anterior. É nessa idade que todos os mecanismos de regeneração responsáveis ​​pela juventude começam a desacelerar…

Mas, ouvindo a opinião dos especialistas, é possível ser otimista. Aos 40 anos, a pele é jovem ainda, segundo os especialistas, de fato, ainda tem todas as credenciais para parecer sólido e luminoso em nível biológico.

Fazer a diferença é, acima de tudo, o estilo de vida (se você fuma, provará muitos mais anos como se passasse muito tempo ao sol sem se proteger da radiação).

Os primeiros sinais a aparecer são: rugas ao redor dos olhos e um declínio no brilho da pele, especialmente se você mora em cidades poluídas.

Os primeiros problemas do sistema cutâneo ocorrem nessa idade, há uma ligeira diminuição na renovação celular, uma queda na hidratação e uma taxa de elasticidade, uma pequena redução na quantidade de colágeno. E os nós vêm à tona: aqueles que cuidam de sua pele todos os dias podem realmente provar muito menos anos do que aqueles que têm. Aqueles que não parecem irremediavelmente mais maduros.

Os cosméticos que fazem a diferença, aqueles que serão incluídos na sua rotina de beleza, se você tiver entre 33 e 42 anos, devem ter habilidades regenerativas e hidratantes profundas, o Lift Gold Funciona, portanto é uma ótima escolha já que temessas propriedades e outros benefícios .

Torna-se fundamental o uso de uma esfoliação à base de alfa-hidroxiácidos (ou ácidos de frutas) capazes de remover a camada superficial e estimular a renovação celular. Para ser usado em todas as mudanças de estação e, dependendo da concentração de pele e ácido, várias vezes em um mês.

O tratamento para o dia deve ser profundamente hidratante: somente mantendo a pele hidratada é possível reter sua elasticidade e atrasar o aparecimento de rugas. O da noite deve conter peptídeos: a partir da ação de preenchimento, impedem a consolidação de cada pequena ondulação que já aparece na pele do rosto.

Antioxidantes (vitamina E e extratos vegetais) que neutralizam os danos causados ​​pelos radicais livres e Omega 3 e 6, poderosos agentes antienvelhecimento, também são ingredientes preciosos para esse período.

Da limpeza da pele, nem precisamos dizer que você não pode deixar de fazer, principalmente porque as mulheres de 35/40 anos também são aquelas que gostam de usar mais maquiagem.

O que é energia solar

Como o próprio nome já sugere, energia solar é um recurso derivado do calor e da luz do sol.

Utilizando diferentes tecnologias, o calor e a luz do sol são aproveitados, gerando energia heliotermica, energia solar fotovoltaica e arquitetura solar.

A energia solar é tida como fonte inesgotável sob a ótica do ser humano. Seu potencial é excepcional comparada aos outros recursos de energia.

A energia solar é um recurso cada vez mais utilizado pois é uma fonte de energia sustentável e renovável, o que é muito bom para o planeta. 

Por que utilizar a energia solar?

A energia solar é um recurso limpo que não oferece prejuízos para a natureza pois se utiliza do aproveitamento do calor e luz do sol que é uma das fontes mais favoráveis e conveniente do mundo.

Cada vez mais a energia solar vem sendo buscada como uma solução eficiente.

A conscientização das pessoas sobre a “saúde” do planeta, está fazendo com que mais e mais se busque soluções inteligentes para o uso da energia. O curso instalador solar de alta performance funciona ao explicar tão bem esta questão.

Países de primeiro mundo já se utilizam da energia solar em escala bem acentuada.

O que ainda não popularizou a exploração da energia solar é que, devido ao uso da tecnologia e mão de obra especializada, seu custo inicial ainda é considerado alto e por isso ainda não é acessível para a maioria das pessoas.

Muitas empresas já estão optando o aproveitamento da energia solar pois como seu consumo de energia é alto, a economia obtida compensa mais rápido o investimento feito.

A energia solar além de ser uma fonte abundante pode ser usada de várias formas. As maneiras mais simples de se beneficiar desta energia são as que oferecem opções de controle da temperatura e iluminação.  A energia solar ainda oferece a possibilidade de ser captada e armazenada para uso posterior.

As tecnologias mais utilizadas no aproveitamento da energia solar são:

Energia Solar Fotovoltaica

Através das células voltaicas, que são montadas em painéis, transforma a radiação solar em energia elétrica.

É um recurso antigo (existe a quase 100 anos), mas somente agora está sendo mais reconhecida e utilizada.

Energia Solar Térmica

É um sistema considerado mais simples e econômico. Utilizado em residências, empresas e hotéis para aquecer a água de piscinas, chuveiros e ambientes.

Sistema Termossolar

Este sistema produz o calor e transforma em energia elétrica. É o menos utilizado devido ao seu alto custo.

O que é diabetes gestacional e por que se origina?

Diabetes gestacional é a presença de glicose alta durante a gravidez em mulheres que antes da gestação não tinham diabetes (na maioria dos casos, após o parto, ela retorna aos seus limites normais). Isto se deve ao fato de que os hormônios presentes durante a gravidez podem dificultar o trabalho realizado pela insulina, levando a uma alteração no metabolismo da HC e, como resultado, o aumento da glicose (hiperglicemia).

A diabetes gestacional pode levar a complicações como macrossomias (crianças excessivamente grandes) e complicações no nascimento, por isso é importante controlar os níveis de açúcar no sangue. Essas complicações hipotéticas podem ocorrer com níveis de glicose que, fora da gestação, seriam considerados normais.

Como é diagnosticado

É necessário descartar diabetes gestacional no primeiro trimestre da gravidez em mulheres com fatores de risco, como ter tido diabetes gestacional em uma gravidez anterior, abortos repetidos, história familiar de diabetes ou situações associadas à resistência à insulina (hipertensão, hiperlipemia, obesidade, ovários polimicrocísticos, acantose nigricante). Em outros casos, o teste para descartar diabetes gestacional deve ser realizado entre a 24ª e 28ª semanas de gravidez.

Até à data, há controvérsia sobre como fazer o diagnóstico. Há dois procedimentos:

Em dois passos:
São administradas 50 gramas de glicose (O´Sullivan), a glicemia é medida a uma hora e, se for superior a 139 mg/dl, é realizada uma curva de 3 horas: são administradas 100 gramas de glicose e a glicemia é medida antes, uma hora, duas e três horas após a administração: se dois ou mais valores forem iguais ou superiores a 95, 180, 155 e 140 mg/dl (a 0, 1, 2 e 3 horas, respectivamente, critérios de Carpenter e Coustan) é diagnosticada a diabetes gestacional.

Em um passo:
75 gramas de glucose são dadas directamente e medidas às 0, 1 e 2 horas. Valores iguais ou superiores a 92, 180 e 153 mg/dl, respectivamente, em um único ponto já são diagnósticos de diabetes gestacional (critérios HAPO).

Os critérios da HAPO são significativamente mais rigorosos, foram inicialmente recomendados em 2011, e muitos centros ainda não os aplicam. Aplicá-las aumenta o número de mulheres com diabetes gestacional, de modo que o risco aumenta de 5-6% para 15-20% com os critérios da HAPO. Alguns centros em nosso ambiente têm dado porcentagens ainda maiores, cerca de um terço das mulheres grávidas.

Controlo e estilo de vida durante a gravidez

Durante a gravidez, os objectivos de controlo são mais rigorosos do que fora da gravidez. Na diabetes gestacional, espera-se que a glicemia capilar seja igual ou inferior a 95, 140 e 120 mg/dl antes das refeições e 60 e 120 minutos após as refeições, respectivamente. Com estes valores a hemoglobina glicosilada não deve exceder 6%.

As mulheres com diabetes gestacional devem monitorar sua glicemia capilar para confirmar que esses alvos foram atingidos. Com normas de estilo de vida (dieta e exercício), 70-85% das mulheres diagnosticadas com critérios pré-HAPO conseguiram isso. Uma vez que estas são mais rigorosas e, por conseguinte, incluem mulheres com menor deterioração do seu metabolismo, é previsível que a percentagem de mulheres tratadas sem terapia farmacológica seja ainda mais elevada.

O estilo de vida recomendado consiste na prática de exercício físico, embora sempre dentro dos limites permitidos pelos obstetras, e seguindo uma dieta em que será especialmente aconselhável a distribuição de hidratos de carbono ao longo do dia. Isto é especialmente importante com o café da manhã, pois no início da manhã há uma tendência de aumento da glicose, enquanto na segunda metade da mesma a tendência é o oposto. Portanto, um café da manhã leve e um lanche com hidratos no meio da manhã é a norma em praticamente todos os casos de diabetes gestacional. Também o resto do dia será conveniente para distribuir os hidratos e especialmente alimentos como arroz ou massa é preferível consumi-los como um acompanhamento em vez de como um prato principal.

Quando o lifestyle não alcança os objetivos do glucose do sangue terá que recorrer ao medication. No entanto, embora alguns especialistas defendam a inocuidade do uso de certos antidiabéticos orais, especificamente a Metformina e o Glibenclamida, a grande maioria está inclinada a tratar exclusivamente com insulina. Normalmente, um bom controle é conseguido com padrões pouco agressivos de insulina, e é muito raro recorrer a padrões intensivos de bolus/tipo basal.

É especialmente importante que as mulheres não percam peso durante a gravidez, mesmo que sejam obesas, pois isso pode levar à cetose, que é especialmente prejudicial para o feto.

 

Criação de camarão de água doce

A criação de camarões é uma prática que vem se mostrando muito vantajosa nos últimos tempos, oferecendo uma boa chance de rentabilidade sem a necessidade de um grande investimento inicial.

Uma das opções é a criação de camarão de água doce, que tem uma ótima aceitação no mercado que não se limita somente as regiões litorâneas não.

O processo é tão bom que até mesmo os produtores que ainda não tem muita experiencia podem acabar se beneficiando da atividade, conseguindo uma ótima renda extra.

Isso vale especialmente por que não existem muitas exigências no manejo do crustáceo e a criação pode ser feita até mesmo em pequenos sítios ou chácaras.

Então, se você está interessado e quer saber um pouco mais sobre a criação de camarão de água doce, continue lendo e veja os passos a seguir:

O princípio

Para quem está começando, a indicação é fazer a compra de camarões já na fase pós-larva em um laboratório. Nessa fase, o crustáceo terá cerca de 1 centímetro e já pode ser levado para os tanques de recria.

Isso porque o processo de cuidado das larvas desovadas é um tanto complexo, não sendo o mais indicado para quem está começando, visto que elas precisam ser mantidas por 30 dias em água salobra até que possam virar larvas.

O ambiente

Para que se desenvolvam, o ideal é que a temperatura seja mais elevada, por volta dos 28°C e 30°C, visto que esse tipo de camarão não suporta bem as temperaturas abaixo dos 15°C.

Mais do que isso, para o manejo é importante contar com água de boa qualidade, que seja abundante e que conte com renovação, mantendo um pH entre 7 e 9, transparência de 20 a 40 centímetros e terre argiloso com, no máximo, 5% de declive.

Os tanques

Ao tanques devem ser, preferencialmente, escavados e com fundo de terra. Eles podem variar entre 250 e 5 mil metros quadrados, com profundidade entre 90 cm e 1,3 metro.

Cuidados

A densidade de estocagem desse crustáceo não pode ser muito alta, visto que há um grande risco de canibalismo. Sendo assim, no monocultivo, a indicação é de 12 larvas por m².

Alimentação

A alimentação desse tipo de camarão pode ser tanto vegetal quanto outros animais. No entanto, o mais indicado é a ração extrudada ou peletizada de alta densidade especial pra camarões.

Criação de codorna dá dinheiro?

O que pode ser considerado um bom negócio? Se você acha que é aquele que tem um baixo investimento, muitas vantagens e retorno rápido, então a criação de codornas é um bom negócio, é promissor e sim, pode lhe dar um bom dinheiro.

A criação de codornas é uma ótima alternativa de negócio, mas para isto você precisa buscar conhecimento. Existe muito material disponível para quem deseja empreender na criação de codornas. Busque informações e a experiência de quem já está no ramo.

criação de codornas

É o tipo de negócio que você pode começar pequeno e crescer gradativamente ao longo do tempo. Para isto pesquise as possibilidades para a colocação do seu produto.

As pessoas que já investiram neste negócio comprovam que é um negócio lucrativo. Um dos fatores que possibilitam isto é que a criação oferece muitas vantagens e poucas desvantagens.

Algumas vantagens de investir em criação de codornas:

  • Baixo custo de investimentos inicial;
  • Mínimo capital de giro;
  • Rápido retorno do capital investido;
  • As codornas são aves de pequeno porte e por isso a estrutura inicial pode ser pequena, dependendo do número de aves que você vai iniciar é claro;
  • Custo de alimentação baixo, se comparado com outras aves;
  • Mínima mão de obra. Dependendo do número de aves que vai iniciar, você mesmo pode cuidar da alimentação e da limpeza;
  • Com aproximadamente 45 dias as aves já iniciam a postura;
  • Com aproximadamente 50 dias estão prontas para o abate;
  • Sua criação pode ser destinada a postura, corte ou ambos;
  • A carne e os ovos de codorna são alimentos ricos em nutrientes e de fácil colocação no mercado;
  • É um mercado em expansão, pois os consumidores só aumentam.
  • As codornas são aves bem resistentes as doenças o que reduz o risco de perda.

Para que sua criação de codornas dê certo e você possa ganhar dinheiro é necessário tomar algumas precauções com o seu projeto.

Pesquise sobre o local, a estrutura do cativeiro, onde comprar as gaiolas e tudo que você vai precisar para que seu negócio tenha êxito. Lembre-se que seu conhecimento, seu tempo e sua dedicação podem fazer toda a diferença.

 

Avanços da ciência contra a impotência sexual

A impotência sexual é um problema que é realmente muito mais comum do que se imagina. Isso porque mais de 50% dos homens que apresentam mais de 40 anos de idade sofrem com o problema.

No entanto, esse é um tipo de problema que não se restringe apenas aos mais velhos. Ele também pode acontecer com jovens que estão iniciando a sua vida sexual, embora, normalmente, os motivos sejam diferentes.

Justamente por isso é que a ciência está cada vez mais buscando alternativas para resolver o problema de uma vez por todas, visto que a impotência ainda é um problema que não tem cura, apenas tratamento.

Sendo assim, vamos conhecer os principais avanços da ciência contra a impotência sexual.

  1. Células-tronco

Esse tipo de tratamento contra a impotência sexual ainda está em fase de estudos clínicos, mas os resultados prévios já são bastante promissores.

Nesse caso, as células-tronco são injetadas diretamente no pênis para ajudar em sua recuperação, o que é bastante simples, visto que se trata de um órgão externo.

O mais importante é salientar que vai levar um bom tempo para que os resultados do tratamento possam estar disponíveis, visto que são vários níveis de pesquisas.

  1. A evolução do azulzinho

Embora esse medicamento ainda não esteja disponível no mercado, a ciência já vem estudando uma nova geração de remédios que atuem inibindo a PDE, tal como o Viagra e seus similares naturais, um deles, o Vialis Plus funciona e tem comprovado isto mediante ótimos resultados.

Essa nova leva terá uma ação mais ágil e que irá atuar de forma direta sobre os corpos cavernosos do pênis. Com isso, é possível minimizar os efeitos colaterais.

  1. Terapia usando ondas sonoras

Alguns aparelhos já existem no brasil, mas o problema é que todos possuem o mesmo princípio de funcionamento, que são as ondas de baixa intensidade que promovem um aumento da vascularização peniana.

Essa é a mesma energia ultrassônica que se utiliza para a quebra de cálculos renais, porém em quantidade adequada ao pênis.

Esse tipo de tratamento só é indicado para os pacientes que não apresentam uma boa resposta aos medicamentos orais.

  1. Spray sublingual

Esse medicamento é manipulado tendo como base os mesmos princípios ativos do Cialis e do Viagra. A diferença é que a absorção é melhor. No entanto, servem principalmente como um retardador da ejaculação.

O fato é que a medicina está avançando e a tendência é que os tratamentos vão ficando cada vez mais eficientes!

O que fazer em caso de disfunção erétil

A disfunção erétil, conhecida popularmente como impotência sexual é uma condição a que estão propícios, todos os homens em algum momento de sua vida.

As causas da impotência podem ser várias, sendo as principais, condições, psicológicas, hormonais, vasculares, neurológicas ou mesmo efeito colateral de algum medicamento.

Mais comum em homens a partir de 40 anos, alguns fatores são considerados grandes influenciadores para a disfunção, dentre eles:

  • Tabagismo;
  • Alcoolismo;
  • O uso de drogas;
  • Ser diabético;
  • Ter problemas de colesterol;
  • Ter problemas depressivos;
  • Tomar medicamentos para hipertenção

Mas o que fazer em caso de impotência

É certo que muitos homens caem no desânimo após começar a sentir a disfunção erétil, mas ao invés disso é recomendável que o homem tome algumas medidas para melhorar ou amenizar a situação. Algumas medidas pessoais contribuem positivamente para superar com êxito, a dita condição, por exemplo:

  • Manter sempre um bom diálogo com a sua parceira;
  • Buscar ajuda logo aos primeiros sintomas;
  • Preparar-se psicologicamente. Mentalizar que a partir deste momento você não é uma pessoa impotente;
  • Manter o peso dentro da sua média. Boas condições físicas são ideais para evitar problemas de saúde;
  • Não ingerir álcool em excesso;
  • Evitar o cigarro;
  • Remédios para dormir, assim como calmantes também devem ser evitados;
  • Tentar manter as relações sexuais ainda que não haja ereção. A relação sexual, ou o coito como também é chamado é o melhor remédio para a estimulação da ereção.
  • Fazer testes com estimulantes.

O que deve fazer a mulher?

Assim como os homens, as mulheres também podem sofrer com a impotência sexual. Apesar de também sofrerem as consequências, as mulheres exercem um papel importante na recuperação ou superação do problema. Assim, se o seu parceiro sofre com a disfunção erétil, você pode:

  • Realizar massagens estimulantes e fazer contatos suaves para conseguir a ereção a ponto de poder realizar a penetração. Isto devolverá a ele a sua alto estima.
  • Após a relação, qualificar positivamente o comportamento dele, principalmente se houve a penetração, ainda que tenha sido breve;
  • Dê importância às preliminares. Elas neste momento são importantes para manter conseguir a ereção.

Embora possa acontecer em homens mais jovens, na terceira idade as chances de a disfunção erétil acontecer são muito maiores, graças aos resultados do envelhecimento natural. Pode também acontecer de necessitar mais tempo para se conseguir uma nova ereção após a ejaculação, o que é absolutamente normal. Por isso desenvolveram um suplemento que auxilia esse problema: o Azu power

A impotência sexual como já dito, pode acontecer por diferentes causas, que não devem ser ignoradas, inclusive as causas emocionais, que não cuidadas podem se transformar em um quadro crônico da condição, o que o torna mais difícil de ser tratado.

Ao notar os primeiros sinais, o ideal a se fazer é buscar ajuda de um bom profissional para fazer o acompanhamento e orientá-lo da melhor maneira. U sexólogo é o profissional ideal ppara este tipo de problema. Existem tratamentos e até medicamentos para solicionar o caso e devolver a sua alto estima.

Como evitar a queda de cabelo masculina

Aprenda como evitar a queda de cabelo masculina e ficar com os fios fortes e bonitos sem se preocupar com a calvície.

Uma das grandes preocupações dos homens é a calvície, afinal, por mais que tenha a música que fale “que é dos carecas que elas gostam mais”, isso parece não convencer a maioria. Assim, basta cair alguns fios e já se começa a pensar em como evitar a queda de cabelo masculina.

Não é preciso se desesperar pensando que logo não terá mais nenhum fio na cabeça, pode ser apenas uma queda por uso errado de produto ou cuidado inadequado.

Para descobrir quais são os reais motivos é preciso observar os seus hábitos.  Se quer saber como evitar a queda de cabelo masculina por falta de cuidados certos, olhe esse vídeo e confira as dicas de um especialista.

Você também pode ver algumas dicas nesse texto. Confira as que separamos.

Use o shampoo certo

Você até pode usar o shampoo da sua mulher para lavar os cabelos, mas ele não costuma ser o mais adequado.

Busque por produtos voltados para o público masculino e que são anti-quedas. Eles têm nutrientes que ajudarão a fortalecer os fios e deixarão o cabelo mais bonito.

Não use a força

Não é preciso aplicar a força para lavar os cabelos. Esse processo deve ser suave, com os dedos massageando o couro cabeludo.

Use as pontas dos dedos sem passar a unha no couro cabeludo. Ao fazer dessa forma não estimulará tanto o couro cabeludo e não haverá produção em excesso de óleo.

Quando os fios estão oleosos, eles tendem a ficar mais frágeis e cair.

Evite os produtos químicos

A química enfraquece os fios, por isso, se optar por fazer progressiva ou outros processos, pode acabar enfraquecendo o cabelo. O uso de tinturas também faz com que a queda seja acelerada.

Opte por usar os cabelos naturais. Dessa forma estará se prevenindo de problemas e assumindo os fios como eles são.

Procure um médico

Se perceber que a queda continua mesmo mudando os hábitos ou que ela está intensificando você tem duas opções, usar algum produto que ajude a camuflar a calvície, existem alguns muitos bons no mercado, caso do Make Hair For Man, a outra solução é procurar um médico especializado.

Um dermatologista poderá fazer uma avaliação e solicitar alguns exames para identificar o que está causando o problema.

Depois de um diagnóstico completo poderá te indicar um tratamento que seja eficaz e não prejudique a sua saúde.

Agora já sabe como evitar a queda de cabelo masculina e que esse não é um processo difícil. Porém, fique sempre atento as dicas que podem fortalecer os fios.

Dicas para combater as celulites

Apesar de ser bastante comum entre as mulheres, poucas coisas incomodam tanto no corpo delas são os indesejados “furinhos” no glúteo e nas pernas.

Por isso, saber combater a celulite pode ser muito bom para aumentar a autoestima das mulheres.

Mesmo que acabar com elas não seja tarefa fácil, é possível acabar com a celulite, e viver livre desse incômodo. Algumas mudanças básicas no cotidiano já podem auxiliar na redução e até mesmo na extinção total da celulite.

 

5 dicas para combater a celulite

Os furinhos causados pela celulite são, muitas vezes, causados por hábitos que as pessoas possuem no seu dia a dia, principalmente, alimentares. Por isso, veja 5 dicas essenciais para quem quer combater a celulite de uma vez por todas.

1.Diminuir o álcool

Para quem gosta de ingerir bebida alcóolica, saber os malefícios desse consumo é muito importante. Um dos contras de consumir essas bebidas é que, por serem bastante calóricas, elas acabam contribuindo com o aparecimento dos furinhos indesejados. Por isso, sempre que possível, o ideal é evitar o consumo e, claro, sempre ingerir com moderação.

2.Diminuir o sal

O consumo excessivo de sal pode causar retenção de líquidos, que é um dos principais motivos para o surgimento de celulites. Por isso, quem quer acabar com elas, deve moderar o consumo do ingrediente, e buscar substitui-lo por outro tempero natural, que cause menos malefícios ao corpo.

3.Usar cremes

Se existem produtos que podem te ajudar a dar um fim nos furinhos, então porque não usar? Faça uso deles, alguns são excelentes e funcionam rapidamente como o Celumax que com apenas 20 dias de uso já dá uma melhora ótima na pele.

4.Combater a gordura corporal

Além da retenção de líquidos, o acúmulo de gordura também é um dos fatores que causam a celulite. Para evitar essa gordura, é preciso ter uma dieta balanceada, com alimentos ricos em nutrientes, e o pouco processados.

A dica é preferir sempre verduras, legumes e frutas para compor a dieta. Para quem já está acima do peso, perder gordura ajudará e muito a eliminar a celulite.

5.Beber bastante água

Outra dica para quem quer combater a celulite é ingerir bastante água. Isso porque a desidratação é outro causador dos furinhos. Quando o corpo está desidratado, há uma menor circulação sanguínea, o que leva ao aumento da celulite. Ingerir sempre a quantidade de água recomendada pelos médicos, além de ser benéfico para outras áreas do corpo, também pode ajudar a acabar com a celulite.

Agora que você já viu algumas dicas para combater a celulite, e pode se ver livre dessa companhia tão indesejada, basta seguir todos os passos e aproveitar de vez a pele lisinha e livre dos furinhos!

E se você gostou das dicas, ou acha que está faltando alguma outra que também seja importante, compartilha com a gente e comenta aqui embaixo!

Cremes para estrias adiantam?

O mundo da moda e beleza movimenta bilhões através da venda de produtos para os mais diversos propósitos, cápsulas para emagrecer, cremes para celulite, para pele, estrias e outros, maquiagens, shampoos, condicionadores, hidratantes e muito mais.

Com tanta coisa surgindo no mercado e tanta propaganda do melhor produto para X ou Y relacionado a beleza, fica difícil ter certeza do que realmente funciona e até descobrir as pessoas podem perder muito dinheiro testando produtos que não são de fato eficiente.

Dentre estes produtos estão os cremes para estrias, será que eles funcionam mesmo ou é jogar dinheiro fora se comprar eles?

Antes de responder esta questão precisamos entender um pouco sobre as estrias, como surgem e se há formas de evitar elas.

A estria é aquele tipo de problema que é muito difícil de evitar, isto se não for impossível, porque ao contrário das celulites que surgem principalmente por causa da má alimentação ou por falta de exercícios, as estrias surgem por causa do estiramento da pele, e por isto é quase impossível de evitar.

Toda mulher que engravidar, vai ter estrias, todo menino ou menina na fase de adolescente vai acabar gerando estrias na pele quando der aqueles picos de crescimento rápido, como ninguém tem poder para controlar este tipo de coisa, as estrias provavelmente vão surgir. Saiba mais:

Mas isto não significa que você deve viver com elas, existem algumas formas de tratar as estrias e alguns cremes resolvem o problema sim, como o Skin Renov que reduz as estrias em até 80%. Este produto ao contrário de muitos que são apenas propaganda, funciona sim, mesmo porque antes de começar a ser vendido foi solicitado um teste que comprovasse a eficiência do produto e ele foi aprovado com louvor.

Gostou da notícia né? Pois é, alguns cremes de boa qualidade funcionam contra as estrias sim. Então se gostou de saber disso, pode comprar sem medo o produto citado acima, as mulheres estão amando ele e falando sobre o Skin Renov em todo lugar.